Artigos

Com atuação em diversas áreas do Direito Tributário, os profissionais do Sacha Calmon – Misabel Derzi Consultores e Advogados possuem intensa e destacada produção acadêmica.

A diferença jurídica entre taxa e tarifa


Parecer. Distinção entre taxa (tributo) e tarifa (preço). Impossível a cobrança de taxas nas concessões, permissões, autorizações e parcerias público-privadas. Nas concessões de serviços públicos, à rigidez dos princípios constitucionais-tributários (legalidade,tipicidade. Irretroatividade, anterioridade) invalidariam a flexibilidade que adorna as modernas formas de interação entre o Estado e a sociedade tendo em vista a satisfação das necessidades coletivas.Somente tarifas (preços) são compatíveis com a equação econômico-financeira dos contratos de concessão. Serviços auxiliares do poder de polícia podem ser objeto de concessão. Certificação de veículos. Remoção e guarda de veículos irregulares ou arrestados pelo Poder Judiciário.

Acompanhe todas as nossas publicações

Newsletter

Resumo Diário

Assine o RSS

Conteúdo Relacionado

La crise de la chose jugée en matière fiscale au Brésil

The article analyses the crisis thar arisen regarding res judicata in tax matters in Brazil. It demonstrates that tris institute has been losing legitimacy regarding its formation (because of the restrictions of the taxpayers’ acess to the higher courts) and effectiveness concerning in execution. The authors discuss the vality of these innovations in the light of the Brazilian Constitution.

Impossibilidade de Adoção de Valor Declarado em Nota Fiscal Inidônea para Lançamento do Tributo

Impossibilidade de Adoção de Valor Declarado em Nota Fiscal Inidônea para Lançamento do Tributo – Arbitramento Mandatório. Ilegalidade da Atribuição de Responsabilidade Tributária a Terceiro não Vinculado ao Fato Gerador da Obrigação Tributária.

O Refis da Lei nº 9.964/00 e a impossibilidade de o pagamento parcial interromper a prescrição

O Refis da Lei nº 9.964/00 e a impossibilidade de o pagamento parcial interromper a prescrição da integralidade da dívida – Exegese do art. 174, parágrafo único, IV, do Código Tributário Nacional.