Artigos

Com atuação em diversas áreas do Direito Tributário, os profissionais do Sacha Calmon – Misabel Derzi Consultores e Advogados possuem intensa e destacada produção acadêmica.

Tributação dos provedores de acesso à Internet: não-incidência de ICMS ou ISSQN


O presente texto discute a natureza dos serviços de provimento de acesso à internet, a fim de delinear a incidência de tributação sobre o referido serviço.

Alguns sustentam ser a atividade um serviço de comunicação, que atrairia a incidência do ICMS; outros pregam ser um serviço de valor adicionado-SVA (serviço acessório ao de telecomunicações), podendo ser, portanto, tributável pelo ISSQN, caso esteja previsto na lista editada pela Lei Complementar nº 116/03.

Contudo, como se demonstrará no texto, o serviço de provimento de acesso à Internet não é de comunicação (sendo inalcançado, portanto, pelo ICMS). No entanto, tampouco se sujeita ao ISSQN, uma vez que a LC nº 116/03 não possui previsão de incidência do ISSQN sobre essa atividade.

Não obstante, a tendência doutrinária e jurisprudencial no Brasil é de não considerar o serviço de provimento de acesso como de telecomunicações, afastando a incidência do ICMS sobre o mesmo.

Referência:

MOREIRA, André Mendes . A tributação dos provedores de acesso à Internet: não-incidência de ICMS ou de ISSQN. Direito Público (Belo Horizonte), v. II, p. 33-50, 2005.

Acompanhe todas as nossas publicações

Newsletter

Resumo Diário

Assine o RSS

Conteúdo Relacionado

Créditos fictos de IPI sobre insumos isentos provenientes da ZFM

Direito ao crédito presumido de IPI decorrente da entrada de insumos isentos provenientes da Zona Franca de Manaus.

Imposto de renda sobre ganho de capital

Análise de um caso concreto da possibilidade ou não da incidência do imposto sobre ganho de capital: integralização do capital social por meio da utilização de imóvel recebido em doação, caracterizando permuta sem torna, na qual não há qualquer disponibilidade financeira imediata, sendo, portanto, inviável se considerar a hipótese como fato gerador da exação.

A publicidade e propaganda e as fronteiras entre ISSQN e ICMS

Os Estados e Municípios travam acirrada disputa no intuito de tributar as receitas das empresas de veiculação de publicidade e propaganda.