Artigos

Com atuação em diversas áreas do Direito Tributário, os profissionais do Sacha Calmon – Misabel Derzi Consultores e Advogados possuem intensa e destacada produção acadêmica.

A correta forma de interpretação dos benefícios fiscais e a concretização dos direitos sociais


Embora o art. 111 do Código Tributário Nacional determine a interpretação literal dos benefícios fiscais, todas as normas jurídicas devem ser interpretadas contextualmente, porque nenhuma delas está desconectada do sistema jurídico.

Esse entendimento ganha ainda mais vulto quando aplicado aos benefícios fiscais tendentes à realização da justiça social, cujo exemplo mais emblemático repousa na desoneração das medidas assistenciais executadas por particulares. Diversamente de merecerem interpretação literal, tais benefícios e incentivos devem ser compreendidos segundo os elementos estruturantes do Estado Democrático de Direito e segundo as finalidades pelas quais foram instituídos.

Acompanhe todas as nossas publicações

Newsletter

Resumo Diário

Assine o RSS

Conteúdo Relacionado

Adicional do RAT de indústrias: dever de fundamentação, coerência e integridade das decisões judiciais

Uma análise do acórdão prolatado pelo STF no ARE 664.335* Tendo como base decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de 2015, a Receita Federal passa a cobrar das indústrias o adicional da contribuição aos Riscos Ambientais do Trabalho (RAT), a nova nomenclatura para o Seguro de Acidente do Trabalho (SAT). As autuações ocorrem em casos […]

Aplicação do novo CPC às Ações Tributárias

O artigo trata da aplicação do novo CPC às ações tributárias. Estabelece o que é “ação tributária”, expõe as principais classificações e explora questões de relevância prática.

O novo regime jurídico do ágio na Lei 12.973/2014

O novo regime jurídico do ágio na Lei 12.973/2014. Revista da Faculdade de Direito Milton Campos, Nova Lima, v. 28, p. 64-81, 2014.