Artigos

Com atuação em diversas áreas do Direito Tributário, os profissionais do Sacha Calmon – Misabel Derzi Consultores e Advogados possuem intensa e destacada produção acadêmica.

Impossibilidade de emissão da CND-RFB com validade inferior a 180 dias


Impossibilidade de sua emissão com validade inferior a 180 dias

Na conjuntura hodierna, as certidões de regularidade fiscal tornaram-se imprescindíveis para o exercício regular das atividades econômicas. Tanto é que a negativa de sua renovação acarreta graves conseqüências aos contribuintes, que se vêem impedidos de receber pagamentos no bojo de contratos firmados com entes estatais, bem como de participar de licitações, obter financiamentos junto a instituições públicas, et cetera.

Ocorre que, em muitos casos, o particular, após a solução de todas as pendências perante a PFN e a Receita Federal do Brasil, é surpreendido com a emissão de uma CPD-EN com validade de apenas 60 dias – e não de 180, como sói ser em regra. Tal ocorre por força da Portaria Conjunta PGFN/RFB nº 03, de 02.05.2007, que reduz a validade da certidão federal nas situações que especifica. Neste ponto, cumpre alertar que o Decreto nº 6.106/07 (o qual regula o procedimento de emissão da certidão federal com efeitos negativos) determina a expedição da certidão – sem qualquer ressalva quanto ao prazo. Dessarte, temos que a aludida Portaria extrapolou as suas funções normativas sendo de todo inválida por inobservar o princípio da hierarquia das normas. À vista do exposto, resta solarmente claro que assiste ao contribuinte o direito de renovar sua certidão de regularidade fiscal federal pelo prazo mínimo de 180 dias, em qualquer hipótese, desde que comprovada a inexistência de débitos sem suspensão da exigibilidade ou sem caução idônea.

Anote-se que as dificuldades enfrentadas no processo de renovação das certidões de regularidade fiscal constituem um meio de coerção para que o contribuinte recolha tributos que muitas vezes não são devidos. Em meio à corrida contra o relógio para a renovação da CPD-EN, não-raro o particular opta pelo pagamento de débitos indevidos. Destaque-se, por derradeiro, que a tese ora esposada já foi submetida à apreciação do Poder Judiciário, que a acolheu, tanto in limine litis como na sentença de mérito.

Referência:

MOREIRA, André Mendes e CAMPOS, Fabrício Costa Resende de. Da certidão de regularidade fiscal de tributos federais – impossibilidade de sua emissão com validade inferior a 180 dias. Revista Fórum de Direito Tributário. Belo Horizonte: Fórum, v. 34, jul.-ago./2008, pp. 173-80.

Acompanhe todas as nossas publicações

Newsletter

Resumo Diário

Assine o RSS

Conteúdo Relacionado

Lei anticorrupção e a responsabilidade do administrador

A exposição versa sobre a Lei anticorrupção e a responsabilidade do administrador. Buscou-se dividir em três partes a apresentação. Uma primeira a contextualização deste movimento, que é global, de combate à corrupção. Uma segunda trata-se brevemente da Lei anticorrupção brasileira. Uma terceira quando estuda-se as consequências para a responsabilidade do administrador, da nova legislação anticorrupção no Brasil.

O Conceito de Insumo na legislação da contribuição para o PIS e da Cofins: estado da arte da jurisprudência no Carf e futuros rumos a partir dos tribunais superiores

MOREIRA , André Mendes; CAMPOS, Eduardo Lopes de Almeida. O conceito de insumo na legislação da contribuição para o PIS e da Cofins: estado da arte da jurisprudência do CARF e futuros rumos a partir dos tribunais superiores. Revista de Direito Tributário Contemporâneo, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 139-162, jul./ago. 2016.

A controvertida relação entre as Receitas Financeiras e a Base de Cálculo do PIS e da Cofins

MOREIRA , André Mendes; FONSECA, Vinícius Simões Borges Espinheira. A controvertida relação entre as Receitas Financeiras e a Base de Cálculo do PIS e da Cofins incidente sobre Instituições Financeiras no Regime Cumulativo. Revista da PGBC, Brasília, v. 11, n. 1, p. 121-151, jun. 2017.

Assine nossa Newsletter

Acompanhe as publicações do SCMD no seu e-mail.